AQKAssociação Quilombo Kalunga (AQK)

A AQK foi criada em 1999 com a missão de defender e representar o povo Kalunga. Somos uma organização comunitária formada por moradores do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, o maior território quilombo do Brasil, onde moram cerca de duas mil famílias, aproximadamente oito mil pessoas.

Conhecidos também como Associação Mãe, congregamos as comunidades Kalungas dos municípios de Cavalcante, Teresina de Goiás e Monte Alegre; e outras associações menores, como a Associação dos Guias Kalungas de Cavalcante, organizadas em mais de 20 comunidades e 42 localidades, que mantém viva a nossa cultura.

Esta associação é destinada a promover a defesa dos interesses de todos nós, os quilombolas Kalunga, e representar nossa comunidade em todas as instâncias legais e administrativas.

Nossos principais objetivos são:

  • Promover a integração e o convívio social do nosso povo como forma de fortalecimento de nossa cultura;
  • Promover, incentivar e fomentar o desenvolvimento econômico e social, por meio de núcleos comunitários ou de associações comunitárias, focando no trabalho agrícola, pecuária e agroextrativismo; na agroecologia e no manejo dos recursos naturais do Cerrado; no artesanato, nas danças e outras manifestações culturais, para a produção sustentável e comercialização de seus produtos;
  • Participar do planejamento e da execução de programas governamentais que busquem o desenvolvimento socioeconômico de nossas comunidades;
  • Promover o desenvolvimento de atividades para a conservação e preservação do meio ambiente, ao uso sustentável dos recursos naturais e a promoção de empreendimentos ecologicamente corretos;
  • Fiscalizar, apoiar a execução e garantir construções e benfeitorias comunitárias;
  • Contribuir para a promoção, normatização, organização, fiscalização e realização do comércio de mercadorias, produtos culturais, bens e serviços resultantes do nosso trabalho; e
  • Realizar a gestão de recursos, para o desenvolvimento dos empreendimentos associativos dos Kalungas, bem como financiamentos, para nossos objetivos sociais.